Aprenda a deixar a pele lisa por mais tempo

0
41
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Para desfilar por aí com uma pele lisinha e livre dos pelos, a maioria das mulheres recorre aos diversos métodos de depilação que existem. No entanto, quando determinados cuidados não são tomados após os procedimentos, eles podem agredir e muito a cútis, principalmente no verão, quando os riscos são ainda maiores. Isso porque, além do intervalo entre uma retirada de pelos e outra ser menor, o sol, o contato com a areia e com o cloro da piscina aumentam a sensibilidade e agravam a possibilidade de encravamento, manchas alergias, foliculite e queimaduras.

Mas engana-se quem pensa que é só aplicar um hidratante que está tudo certo. São necessários outros cuidados. Esclareça suas dúvidas sobre o assunto e descubra como se livrar dos pequenos incômodos da depilação agora mesmo!

  1. De olho na hidratação

Durante a depilação é retirada a película protetora da pele. Para que ela seja recuperada mais rapidamente é essencial investir na hidratação. Dê preferência para loções com substâncias calmantes, que devem ser aplicadas logo após o procedimento. Elas promovem uma sensação agradável de conforto, especialmente em quem possui a pele sensível. “Fórmulas que contenham azuleno, aloe vera ou a-bisabolol são excelentes opções. Mas o mais importante é jamais usar produtos que contenham álcool”, Marcelo Bellini, dermatologista (SP).

  1. Filtro solar, sim

Ele é indispensável todos os dias, ainda que esteja chovendo, e após todas as técnicas de depilação para diminuir o risco de escurecimento da pele e aparecimento de manchas. “Após a aplicação do hidratante e sua absorção, aplique um filtro solar com FPS acima de 30”, aconselha o médico.

  1. Fuja do sol

 De acordo com o especialista, após a depilação, o ideal é esperar 48 horas para se expor ao sol, ainda que se aplique o protetor solar. Como a pele está sem sua proteção natural, esse cuidado evita o aparecimento de manchas e garante que a vermelhidão não se transforme em alergia.

  1. Nada de roupas apertadas

 Elas são verdadeiras vilãs da pele depilada. Por isso, é bom evitar o uso de roupas muito apertadas após a depilação em regiões mais sensíveis como virilha, axilas e nuca. Nestes locais, os pelos têm maior tendência a penetrar de volta na pele e encravar, ao invés de crescer.

  1. Esfoliação sempre

Independente da técnica de depilação escolhida, uma coisa é certa: estamos sempre sujeitos a ter pelo encravado. No entanto, por causar mais atrito com a pele, a retirada dos pelos com lâmina induz a um maior encravamento. “Para a depilação com cera quente, morna ou fria, recomendamos que a aplicação seja feita no sentido do crescimento do pelo, com remoção no sentido contrário. Desta forma, as chances do problema são reduzidas”, explica Ana Ribeiro, coordenadora técnica da Depil Bella.

Para combater o incômodo, outra dica pode ajudar bastante: esfolie a pele pelo menos uma vez por semana, respeitando o intervalo de três dias antes e após a depilação. “Dê preferência aos esfoliantes com base cremosa e microesferas de polietileno, pois são menos agressivos. Esfolie em movimentos circulares, enxaguando com bastante água”, aconselha a especialista.

Marcelo Bellini é dermatologista (CRM 76.313-SP) e membro da Academia Americana de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor insira seu nome